Distruktur em Curitiba

A program of Gustavo Jahn & Melissa Dullius’ films  will be part of “Narrativas à Deriva“, in Mostravideo 2010- Itaú Cultural.

Curated by João Dumans and Andre Costa, Narrativas à Deriva will exhibit  5 programs with works of  Peter Fischli & David Weiss, Joris Ivens & Marceline Loridan Ivens, Jem Cohen, Joan Jonas, Melissa Dullius & Gustavo Jahn.

In the program nr. 4, to be presented in the city of Curitiba in the evening of april 22nd, the following films will be shown:

Don’t Look Back (Gustavo Jahn & Melissa Dullius, Germany, 2010, 7 min)

2003 (Melissa Dullius, Brazil/Germany, 2009, 5 min)

Triangulum (Gustavo Jahn e Melissa Dullius, Brazil/Germany/Egypt, 2008, 22 min)

Postcards (Gustavo Jahn e Melissa Dullius, Brazil/Portugal/Belgium/Germany, 2008, 8 min)

Éternau (Gustavo Jahn, Brazil, 2006, 20 min)

Gustavo Jahn & Melissa Dullius will take part in a discussion after the screening.

+

(scroll down for further information in portuguese)

Mostravídeo 2010 – Narrativas à Deriva (curadoria de João Dumans e Andre Costa)

O tema “Narrativas à deriva” esconde uma ambigüidade bastante simples revelada no pequeno texto introdutório da mostra. A deriva aqui remete tanto à idéia de personagens que viajam e deambulam pelo mundo – por sobrevivência, encantamento, tédio ou delírio – quanto à deriva da própria narrativa, levada a inventar para si, no contato com o improvável ou com o desconhecido, uma nova sensibilidade e uma nova forma. Com frequência, portanto, estaremos diante de narrativas atípicas, onde realizadores vindos de contextos distintos mobilizam os mais variados recursos estéticos para contar suas histórias. (leia mais)

Leia aqui Quatro Perguntas e Quatro Respostas , Melissa Dullius & Gustavo Jahn entrevistados por João Dumans..

SESSÃO 4
quinta 22 às 19h30

A viagem é um motivo recorrente nos filmes de Gustavo Jahn e Melissa Dullius, embora seus trabalhos pouco tenham a ver com as formas mais consagradas de tratamento do tema. Mais do que relatos, seus filmes são como ocupações provisórias no espaço e na história dos lugares. Ali se contrabandeiam invenções, pedaços de outras histórias, crimes, figuras míticas, lendas antigas. Nesse livre comércio de imagens, em meio a cores e formas sempre exuberantes, é possível achar qualquer coisa, de tapetes voadores a múmias, de monstros marinhos a escravos.

Don’t Look Back
Gustavo Jahn e Melissa Dullius, Alemanha, 2010, 7 min
Um exercício de repetição e um estudo sobre as mudanças que são percebidas pelo retorno sistemático ao mesmo ambiente.

2003
Melissa Dullius, Brasil/Alemanha, 2009, 5 min
Amantes aquáticos navegam em uma tempestade de verão.

Triangulum
Gustavo Jahn e Melissa Dullius, Brasil/Alemanha/Egito, 2008, 22 min
Um trio à beira do abismo encontra o destino personificado numa jovem mulher. Eles são transportados para uma metrópole oriental, sem saber o que fazer ou para onde ir. Sinais aleatórios são as únicas pistas a serem seguidas, e guiarão cada um para uma jornada pessoal.

Postcards
Gustavo Jahn e Melissa Dullius, Brasil/Portugal/ Bélgica/ Alemanha, 2008, 8 min
Minificções cromáticas ocorrem em diversas cidades ao redor do globo.

Éternau
Gustavo Jahn, Brasil, 2006, 20 min
Viajando por terra, mar e através do espaço-tempo em busca de riquezas e belezas, os extravagantes Arqueólogos Mercenários invadem os limites do jardim ancestral, causando o descompasso do céu e do mar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s